Tinha que ser mulher: histórias para conhecer no Dia da Mulher


 

No dia 8 de março é comemorado internacionalmente o Dia da Mulher. A data foi criada para celebrar as conquistas políticas, sociais e econômicas das mulheres ao longo da história. Nesse dia lembramos os desafios enfrentados pelas mulheres para garantir direitos básicos, como o voto que só foi assegurado em 1932 no Brasil, e também as lutas que ainda são travadas até hoje pela busca de igualdade em diversas áreas.

Com o mote “Tinha que ser mulher”, a Criativa aproveita essa data para te apresentar algumas dessas mulheres cujas histórias de conquistas você deveria conhecer. Nessa lista apresentamos mulheres que nasceram ou viveram aqui no Espírito Santo e que realizaram feitos notáveis em suas áreas.

Maria Ortiz

A jovem Maria Ortiz, com apenas 22 anos, se consagrou como uma das primeiras heroínas do Brasil. Conta-se que no século 17 a jovem, ao presenciar uma invasão de tropas holandesas, começou de sua sacada a organizar um movimento de defesa junto com seus vizinhos que usaram de líquidos fervendo, paus e pedras para impedir o avanço das tropas inimigas. A “jovem moça”, como ela é chamada em documentos da época, é lembrada até hoje como exemplo de bravura.

Clique para saber mais.

Nara Leão

Apesar de ter se mudado ainda pequena para o Rio de Janeiro, a musa da Bossa Nova nasceu na cidade Vitória. Nara Leão é reconhecida como uma das maiores cantoras da música brasileira. As reuniões dos amigos de Nara em sua casa deu origem ao chamado “clubinho da bossa nova” de onde surgiu um dos mais consagrados gêneros musicais do País. A música de Nara tinha grande engajamento político, principalmente nos anos de resistência à Ditadura Militar.

Clique para saber mais.

Rosa Schorling

A primeira aviadora capixaba, Rosa Schorling, excedia expectativas com as suas habilidades desde muito cedo. Rosita, como era conhecida, já dirigia carros aos 12 anos e aos 19 já tinha aprendido a pilotar aviões. Foi aos 21 anos de idade, em 1940, que ela alcançou seu feito mais lembrado, tornando-se a primeira mulher brasileira a saltar de paraquedas. Rosa morou na sua cidade natal, Domingos Martins, até o seu falecimento em 2017.

Clique para saber mais.

Elisa Lucinda

Elisa Lucinda, que nasceu e cresceu no bairro de Itaquari, em Cariacica, ganhou notoriedade em sua carreira de atriz por suas atuações em novelas da Globo. Também foi premiada no cinema, ao protagonizar o filme “A Última Estação” e ainda tem uma longa carreira nos palcos com peças e musicais. Mas não podemos esquecer que Elisa também é poeta de grande destaque, com diversas livros publicados. A poetisa inclusive teve seus versos gravados na faixa “Milionário do Sonho” no álbum do rapper Emicida.

Clique para saber mais.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *